Não há como falar da história da Miscellanea Casa sem falar sobre seu criador, o Designer de Interiores Sergio Rota.
Nascido em 1969, Sergio herdou do pai o amor pela Arquitetura e pelo Design.
É na marcenaria de seu pai; aberta em 1968 e onde ele passou grande parte de sua infância e pré adolescência; que ele irá aprender os ofícios da marcenaria tendo o pai como mestre.
Dos brinquedos feitos com toquinhos de madeira na infância e já na pré adolescência, Sergio passou a aprender com o pai as medições e processos de criação dos objetos.
Ele lembra com muito carinho do tempo que passava com o pai; acompanhando-o em viagens de negócios; ou nas visitas que faziam aos clientes.
Atraído pelos desenhos técnicos que aprendeu com o pai, esforçado, curioso e apaixonado por carros, Sergio desenvolve o sonho de se tornar Designer de Automóveis.
Vale dizer que sua paixão por carros dura até hoje.
Como nos anos de sua pré adolescência não haviam cursos específicos voltados para a área, Sergio passa a fazer cursos e aulas voltados para outros tipos de desenho, o clássico por exemplo. Ele se dedica a melhorar sua habilidade, e faz tudo possível para “passar para o papel” tudo o que criava em sua mente.
Neste período, seu pai entra em uma sociedade e abre duas lojas de decoração.
Em alguns dias da semana, a loja que seu pai trabalhava ficava aberta até depois do horário comercial. Nesses dias Sergio ficava com seu pai na loja até a hora de fechar. Isso lhe deu a oportunidade de observar um dos funcionários de seu pai que era decorador. Foi da observação de sua forma de criar e desenvolver um objeto que Sergio passa a se interessar pelo Design de Interiores.
O sócio de seu pai, vendo o seu interesse e conhecendo suas habilidades, começa a desafiá-lo a fazer desenhos dos móveis e objetos que estão na loja. Ele acreditava que os desenhos que Sergio fazia eram bons e queria mostra-los para outras pessoas.
Assim, Sergio começa a desenhar móveis e objetos, mas isso ainda não era o desenho de criação que é o que ele realmente gosta. Ainda eram desenhos de observação.
Mas seu pai percebeu o potencial que Sergio tinha para o desenho criativo e o ajudou a desenvolver sua paixão. Começou a trazer as medições que ele fazia para a marcenaria. Ele fazia um croqui simples, e pedia que Sergio desenvolvesse o desenho da peça para o cliente. Naquele tempo não existia software que fizesse esses desenhos, tudo era feito à mão.
Devido a criatividade e qualidade das peças apresentadas, consequentemente as peças desenhadas por Sergio passaram a ser vendidas e, ele começou a receber de seu pai a remuneração por essas vendas. Até que chegou um momento em que seu pai não desenhava mais as peças, passando todos os desenhos para ele.
Tomado pelo gosto e paixão do que fazia, porém em dúvida se devia estudar Arquitetura ou Designer de Interiores, Sergio opta pelo estudo de Design de Interiores.
Dentro de sua especialização, Sergio vai conhecer outras técnicas de desenho e uma delas é o Design Moveleiro, que são técnicas para o desenvolvimento de mobiliários. Dedica-se a estudar história da arte, história do mobiliário e antiquário. Especializa-se em tapetes através de um curso de 2 anos, onde descobre outra paixão, e também em técnicas de iluminação.
Apaixonado pelo que faz, Sergio brinca que, se ganhasse o suficiente para não trabalhar mais, continuaria trabalhando apenas pelo amor que tem pela criação.
Ama poder criar e desenvolver produtos personalizados, que mais do que peças ou itens, transmitem o caráter e a personalidade da pessoa para quem o objeto foi criado.
Juntando todas as suas paixões e especializações, ele entende a necessidade de ir além do planejado, além do esperado, além do básico, e agrega um novo serviço a marcenaria de seu pai, a marcenaria fina. Onde mais do que fazer móveis, ele pode se dedicar a desenhar, planejar e acompanhar o desenvolvimento de cada peça.
Em suas criações não se apega a modas e tendências, tanto que suas peças, mesmo criadas em meados de 1990 parecem que foram criadas hoje.
Seus trabalhos são marcados por peças leves mas com traços marcantes. Detalhes que provam sua criatividade, e que mostram seu cuidado na criação e personalização de cada peça.
Se dedica e escutar a história do cliente, seu sonhos e projetos para o futuro, para entender a peça que deve criar. E após criado o design, se mantém fiel a sua criação.
E foi assim, com essa dedicação, esse gosto por atender bem, essa paixão por desenhar, que nasceu a Miscellanea Casa.
Mais um marco em sua bela história de dedicação e crescimento.
A Miscellanea Casa surgiu da vontade de oferecer o melhor produto e o melhor serviço de forma personalizada.
A linha de produtos oferecida na Miscellanea Casa é formada pelos itens mais exclusivos de todos os parceiros e fornecedores, e são escolhidos pelo próprio Sergio.
Com o apoio de sua esposa, Mariana, e uma equipe completa de profissionais dedicados e criativos, Sergio se dedica a criar e atender seu clientes com projetos de alta qualidade e sofisticação.
E se você quer saber mais sobre essa história incrível, cheia de paixão e dedicação, e ver seus desenhos e criação na prática. Acesse a galeria de projetos.